Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 09.05.17

Bolinhos de cenoura divertidos

Purpurina
  Cá em casa raramente há bolos cheios de açúcar. Não há batatas fritas, salsichas, bolos e bolachas, rebuçados, chocolates (excepto chocolate preto), gelados, pudins e snacks do género. O que faço, praticamente todas as semanas, são bolinhos sem açúcar ou com muito pouco açúcar mascavado. Antes, ainda tinha bolachas Maria no armário. Agora nem isso. Em abono da verdade, a minha filha mais velha sempre comeu muito bem todos os bolos sem açúcar que fiz (e a mais nova (...)
Qui | 04.05.17

Bolo de abóbora

Purpurina
       A receita desta semana é um bolo de abóbora que fiz para aproveitar abóbora que tinha em casa há algum tempo.Adaptei a receita aos ingredientes que tinha em casa e o resultado foi bastante bom (pelo menos na opinião do Milton e das minhas amigas que o provaram). O bolo não é nada doce (leva apenas 150 g de açúcar mascavado o que, para o tamanho do bolo, é uma dose bastante moderada, cerca de 5 g por fatia)) mas, mesmo assim, é bastante agradável, com um travo a canela.Segue receita.
Sab | 29.04.17

Como fazer pasta de tâmaras

Purpurina
  Desde que fiquei grávida da minha filha mais velha e tive diabetes gestacional que passei a fazer bolos sem açúcar. Nem todos são sem açúcar, alguns levam açúcar mascavado (o minimo possível), mas a maioria é mesmo sem açúcar.   Normalmente faço bolos de fruta  que não precisam de mais doce que o da própria fruta mas, para os que precisam de um adicional de doce (bolo de nozes, de especiarias ou de alfarroba, por exemplo) uso pasta de tâmaras. Ficam mesmo muito bons e (...)
Qui | 27.04.17

Queques de noz sem açúcar

Purpurina
    Andamos a evitar usar bolacha Maria cá em casa. Na creche da Lara, apesar de serem os pais a levar o lanche, está estipulado que duas vezes por semana será bolacha, fruta e iogurte. Para esses dias faço, sempre que posso, um bolinho sem açúcar.Como tinha um frasco enorme de nozes em casa, decidi fazer queques de noz sem açúcar (usei pasta de tâmaras para adoçar). Tive alguns contratempos que me obrigaram a alterar a receita, entre os quais a avaria da batedeira mas, (...)
Qui | 20.04.17

Panquecas cor de rosa recheadas com caril de legumes

Purpurina
Para comer tinhamos quinoa com legumes salteados, o prato vegetariano da semana.A Lara não tinha apreciado muito os legumes, porque o pai tinha colocado caril, o que os deixou ligeiramente picantes. Para o jantar, ainda havia sopa, por isso foi o que a Lara comeu mas, para o dia seguinte não havia mais nada e não nos apetecia fazer nada de muito complexo.   Vai daí pensámos em fazer umas panquecas cor de rosa (vá, ficaram mais para o bordeaux) e recheá-las com os legumes para ver (...)
Qui | 06.04.17

Scones de cenoura

Purpurina
      Acabei de retirar do forno estes scones de cenoura e já comemos metade.Esta é daquelas receitas em que olhamos para o aspeto dos scones e não damos nada por eles mas, depois de os provar, não queremos outra coisa.Ficaram maravilhosos e não levaram açúcar, mel ou adoçante.   Encontrei a receita no blogue  "Na cadeira da Papa", que sigo com regularidade e onde encontro receitas deliciosas e saudáveis para (...)
Ter | 14.03.17

Bolachas de gengibre e canela

Purpurina
  Ando a tentar substituir as Bolachas Maria cá em casa. Não costumamos ter mais nenhumas e, olhando bem para os ingredientes da Bolacha Maria, nem essas queremos ter.Deixo, hoje, a receita das últimas que fiz. São uma espécie de bolachas marinheiras com sabor a especiarias.Confesso que cá em casa fui a mais entusiasta com esta receita. Gostei mesmo muito do sabor.  São durinhas e secas mas muito saborosas (embora nada doces). Posso dizer que duraram 2 dias. Quem gosta de (...)
Qua | 01.03.17

A melhor sandes do mundo

Purpurina
    Gosto de comer. Gosto especialmente de comer pão.   Gosto de comer pão caseiro, acabado de fazer, com manteiga. Adoro pão com queijo. É o que mais gosto de comer. Ao pequeno almoço, ao lanche ou para substituir algum jantar, em casa.   Sandes não me dizem muito. É aquele tipo de comida que associo a pessoas a correr de um lado para o outro, em dias de semana, sem tempo para se sentarem e comerem uma refeição como deve de ser.   Vi muito disso em Londres e fez-me (...)
Dom | 26.02.17

Fiz um almoço vegan e ele gostou!

Purpurina
    Há muito tempo que gostaria de me tornar ovo-lacto vegetariana. Tentei uma vez, sem qualquer tipo de orientação, e não deu certo. Obviamente.   Agora que julgo perceber mais qualquer coisita de nutrição e saúde, estou a pensar seriamente em alterar, gradualmente, a minha alimentação.  A ideia é comer cada vez menos alimentos de origem animal.   Já não como quase nenhuma carne vermelha e pelo menos dois dias da semana são de refeições vegetarianas. Estou, também, a (...)
Qua | 22.02.17

Mini panquecas de banana no forno

Purpurina
    Nunca soube fazer panquecas. Faço a massa muito bem (até porque faço na bimby) mas fritar na frigideira não é comigo.  Ora ficam cruas, ora ficam queimadas. Uma coisa é certinha: desfazem-se sempre e ficam feias que dói.   Já fiz imensas tentativas e nenhuma deu certo, pelo que desisti de fazer as panquecas na frigideira.   Agora faço-as no forno, e ficam uma maravilha.    Ao fim de semana, eu e a Lara fazemos juntas para o pequeno almoço e ela leva para o lanche da (...)
Dom | 05.02.17

Bolinhos de coco com 3 ingredientes

Purpurina
Ontem foi um dia bastante atípico. O Milton foi fazer as compras do mês e só chegou a casa quase às 15h00. Eu fiquei sozinha com as miúdas e, para meu grande espanto, a Maria dormiu uma sesta matinal de 2h30!    Juntei o útil ao agradável e lembrei-me de fazer bolinhos com a Lara. Sempre seria uma atividade gira e uma forma de a manter mais ou menos silenciosa. Sim, porque a Maria é muito sensível a qualquer barulho (acorda logo a berrar) e a Lara está naquela fase em que o (...)
Qui | 02.02.17

Hambúrgueres de Quinoa e Feijão Preto fáceis e deliciosos

Purpurina
    Adoro quinoa. Sou capaz de a comer à colherada, cozida com água e sal.   Costumo usá-la para fazer qualquer coisa mais composta como hambúrgueres. Normalmente, faço esta receita de hambúrgueres de quinoa mas testei outra que dá menos trabalho e, surpresa das surpresas, é tão boa ou melhor que a anterior.   E para mim, pessoa bastante preguiçosa e gulosa, uma receita que (...)
Ter | 31.01.17

Papas caseiras para bebés de 6 meses

Purpurina
  Depois de dois meses a comer papas de compra e depois de ter percebido que uma delas tinha 30% de açúcar (também lhe dei Holle que é melhorzinha em termos de açúcares mas ela não gostou) decidi fazer papas caseiras para a Maria.   Com franqueza, sinto-me zangada comigo própria por não ter feito isso antes mas, por ignorância e um pouco de preguiça (ando mesmo muito cansada), ainda não tinha calhado.   Ontem foi o dia.   Fiz papas de aveia, porque era o que tinha em (...)
Ter | 17.01.17

As melhores e mais saudáveis bolachas de sempre!

Purpurina
Descobri aqui uma receita de bolachas de aveia e banana maravilhosa! Perfeita mesmo! Tem tudo o que aprecio numa receita: é saudável, rápida de fazer, simples e deliciosa. Leva apenas 3 ingredientes: aveia, banana e côco ralado. Experimentei fazê-la ontem e não fiz grandes quantidades porque não fazia ideia se iria correr bem. Mas correu lindamente! E ficámos todos a olhar para a s (...)
Sab | 14.01.17

Bolo delicioso!

Purpurina
Bolo de Claras e Limão   Descobri este bolo por acaso, quando procurava na net uma receita para aproveitar claras que tinham sobrado de um pudim de feijão.   Ficou delicioso logo na primeira vez que fiz!   Entretanto já repeti muitas vezes, com a mesma qualidade.   Devo informar que o bolo é mesmo muito pernicioso, sendo que leva farinha branca e muito açúcar. Quem quiser pode colocar menos açúcar.   Como não posso abusar, costumo cortar o bolo em quadrados muito (...)
Sex | 13.01.17

Bolo de alfarroba sem açúcar

Purpurina
Esta é uma versão daquela que considero ser a melhor receita de bolo que já fiz.  Ontem, experimentei retirar o açúcar mascavado que tinha usado e colocar tâmaras.Devo dizer que ficou muito bom também.  Por acaso gosto muito do sabor que o açúcar mascavado deixa no bolo mas, gosto tanto do sabor da alfarroba, que achei que o bolo sem açúcar também ficou ótimo. Adoro a consistência super fofinha com que fica. Tenho é que me controlar para não comer muito de uma vez. Segu (...)
Qui | 12.01.17

O arroz doce da minha avó

Purpurina
A minha avó sempre cozinhou muito bem. Cozinhava coisas muito simples mas eram feitas com tanto cuidado, com tanto amor que, até hoje, deixaram deliciosas memórias na minha mente. Agora, já com 85 anos e quase sem ver, já não pode cozinhar mas deixou-me o gosto por um arroz doce sequinho, bolos com um travo a limão, fritos de Natal e um arroz de forno dourado e crocante. O pão de ló que a minha avó fazia era o melhor do mundo… nunca estava queimado ou seco demais, ou crú. (...)
Ter | 10.01.17

Queijadas de Leite na Bimby

Purpurina
Até parece irreal mas, em tempos muito idos, tinha eu uns 13anos e vivia em Alpiarça, aquela “muito amada (mentira) terrinha”, passavaalgum tempo a fazer doces.Eram mais bolos e bolinhos mas eu esmerava-me mesmoe ficavam bem bons. Um dos que fazia melhor eram queijadinhas de leite. Ficavammaravilhosas e eu deliciava-me a comê-las. Com o passar dos anos, a minhadedicação à cozinha foi decaindo cada vez mais até ficar abaixo de zero.   Por motivos vários, tipo viver (...)
Dom | 08.01.17

O meu novo bolo preferido - Bolo de Alfarroba

Purpurina
Bolo de Alfarroba Já tinha encontrado a farinha de alfarroba mencionada em vários blogues de receitas e de bolos saudáveis e, finalmente, decidi comprar um pacote de farinha e experimentar. Fiz a receita mais simples que encontrei e, como é costume, adaptei-a à bimby e de acordo com o meu gosto pessoal. O resultado foi o melhor bolo feito por mim que já provei. Adorei tudo: o sabor a especiarias, a textura maravilhosa, até a cor diferente e exótica. Que maravilha de bolo! Sem (...)
Sex | 06.01.17

Tarte de iogurte, uma descoberta deliciosa!

Purpurina
Sem falsas modéstias, esta foi mais uma experiência gastronómica extremamente bem sucedida.O que é que eu posso dizer? Quando a coisa corre mal, e corre muitas vezes, eu sou a primeira a dizer. Por aqui já existiram muitos bolos queimados, comida agarrada ao fundo do tacho, massas cruas e tartes sem sabor.Mas, também existem receitas muito saborosas e bem sucedidas e são essas que partilho convosco e deixo aqui para eu própria consultar quando é preciso repetir.Esta tarte de (...)