Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 30.04.17

Aos 9 meses, a minha filha já fala

Purpurina
E o que é que ela diz?   "Mamã" seria o mais lógico e, também, o mais simpático. Pois era. Mas não é.Ela diz: avó, papá, gato, pato, cocó, dá, pé, papa mas... nada de "mamã".E a primeira palavra?Foi Cão.Não percebo. E nós nem temos cão. Mas é cão. Ela olha para um livro que tem um cão e começa logo a dizer cão.Depois deste vídeo ela ficou mais de 15 minutos a dizer cão agarrada ao livro.    
Sab | 29.04.17

Como fazer pasta de tâmaras

Purpurina
  Desde que fiquei grávida da minha filha mais velha e tive diabetes gestacional que passei a fazer bolos sem açúcar. Nem todos são sem açúcar, alguns levam açúcar mascavado (o minimo possível), mas a maioria é mesmo sem açúcar.   Normalmente faço bolos de fruta  que não precisam de mais doce que o da própria fruta mas, para os que precisam de um adicional de doce (bolo de nozes, de especiarias ou de alfarroba, por exemplo) uso pasta de tâmaras. Ficam mesmo muito bons e (...)
Sex | 28.04.17

Factos estranhos cá de casa #2 Colheres

Purpurina
  Há uns anos atrás, na casa onde vivia, por um motivo de que não me recordo, não existiam colheres de sobremesa. Todavia, existiam muitas colheres de galão, daquelas com um cabo compridíssimo mas uma concha pequena.   Habituei-me tanto a usar essas colheres como se fossem de sobremesa que, hoje em dia, apesar de ter imensas colheres de sobremesa, uso sempre colheres de galão para comer iogurtes, sobremesas e cereais.   Não consigo explicar isto senão pelo hábito adquirido (...)
Sex | 28.04.17

Também gosto do verão por isto #1

Purpurina
  Para poder vestir roupas leves às miúdas, vestidos de preferência.Um vestido e umas sandálias (ou chinelos) e estão prontas para qualquer ocasião: uma tarde de praia, um piquenique, um passeio, um casamento, um batizado, uma festa de aniversário, um encontro de amigos, a casa da avó, a cada dos tios, a casa dos amigos, os amigos na nossa casa, ir até ao jardim, ir até ao parque da cidade, passear pela baixa e tantas coisas mais.Adoro o verão também por isso. Para vestir as (...)
Qui | 27.04.17

O pai apareceu na televisão

Purpurina
  Vivemos numa cidade pequena e simpática e, basicamente, a três passos de todo o lado. De modo que o Milton foi a pé até aos estúdios da RTP Açores, para participar no Açores 24, e literalmente 2 minutos depois de ter acabado de ser entrevistado, estava aligar para mim a perguntar se tinha feito muito má figura. 5 minutos depois estava em casa.Garanti-lhe, com toda a sinceridade, que não tinha feito má figura. Bom... o facto é que podia ter passado o tempo todo a urrar, a (...)
Qui | 27.04.17

Queques de noz sem açúcar

Purpurina
    Andamos a evitar usar bolacha Maria cá em casa. Na creche da Lara, apesar de serem os pais a levar o lanche, está estipulado que duas vezes por semana será bolacha, fruta e iogurte. Para esses dias faço, sempre que posso, um bolinho sem açúcar.Como tinha um frasco enorme de nozes em casa, decidi fazer queques de noz sem açúcar (usei pasta de tâmaras para adoçar). Tive alguns contratempos que me obrigaram a alterar a receita, entre os quais a avaria da batedeira mas, (...)
Qua | 26.04.17

E pensar que já fui simpatizante do nudismo

Purpurina
Calma. Nunca cheguei a praticar nudismo. Nunca me senti à vontade nas praias onde fui. Vá, procurava um ambiente mais "familiar" e nunca o encontrei no nosso país. Não digo que não exista, eu é que não conheço muitas praias de nudismo e, certamente, não uma que me deixasse à vontade.Mas vamos à questão: porque é que eu não me importaria de praticar nudismo?- Pela sensação de liberdade que parece haver nessa prática?- Por ser ligeiramente exibicionista?- Por considerar (...)
Qua | 26.04.17

Sempre quis fazer fazer esta iguaria

Purpurina
  Comprei um abacate. Deixei amadurecer uns dias. Quando me pareceu madurinho, descasquei-o e cortei-o em pedacinhos. Bati 5 ovos. Coloquei um pouco de azeite extra virgem numa frigideira e juntei o ovo, que fui mexendo com uma colher de pau até ficar bem cozinhado. Logo que desliguei o lume juntei o abacate em pedacinhos, envolvi-os no ovo e salpiquei tudo com uma mistura de ervas francesas, moídas na hora. Olhei maravilhada para aquele prato recém confecionado. Comi uma sopinha (...)
Ter | 25.04.17

Dicas de felicidade #5

Purpurina
Ser um facilitador   Depois de ser mãe, e depois de ler livros sobre "isto de ser mãe" (principalmente os do pediatra Mário Cordeiro), creio que passei a mudar coisas na minha forma de estar que se refletiram em todas as áreas da minha vida.   Isto de que vos falo hoje é, talvez uma das que mais positivamente tem afetado a minha vida.   Há uns anos atrás, a minha postura nem sempre era a mais facilitadora, fosse no trabalho, na minha vida pessoal ou mesmo nas coisas mais (...)
Seg | 24.04.17

Imagens do nosso fim de semana

Purpurina
Finalmente vestimos todos roupas de verão.   E, nunca como antes, posso dizer que gosto mesmo do verão, estava cheia de saudades do tempo quente, de vestir apenas roupa fresca, de sentir a água do mar nos pés (sim porque, não me aventuro muito mais antes de chegar a julho), de ficar numa esplanada a observar o mar e a conversar. Com as miúdas, aprendi a apreciar ainda mais o verão. A Lara adora praia, adora água, brincar e correr na areia. A Maria, para já, não parece apreciar (...)
Dom | 23.04.17

As minhas filhas têm brinquedos mais do que suficientes

Purpurina
A Lara e a Maria têm mais brinquedos do aqueles de que precisam.Existem muitas crianças que têm muitos mais (certamente muitas crianças terão menos) mas, olhando para todos os brinquedos que têm, sei que são mais do que suficientes.Apesar disso, brincam com todos. Não há nenhum brinquedo com que nunca tenham brincado.Não os tenho todos disponíveis por uma questão de arrumação física e mental. Não temos muito espaço no quarto delas e acredito que se tiverem tudo à (...)
Dom | 23.04.17

Uma brincadeira muito perigosa para fazerem com as vossas crianças

Purpurina
Já tinhamos feito isto antes e até tinha corrido bem. Mas, como não é uma coisa que apeteça fazer todos os dias, guardei tudo e só voltei a pegar no material há uns dias.Entusiasmei-me, a Lara entusiasmou-se e, quando dei por isso, estava ela a mandar milhares de contas pequeninas ao ar...Não me preocupei muito e continuei a fazer o colar que a Lara me pediu para lhe fazer, com a sequência de cores que ela escolheu.No fim é que foi lindo! Eu só via milhares e milhares de (...)
Sab | 22.04.17

Como e porque comecei a alterar a minha alimentação

Purpurina
  Comecei a mudar a minha alimentação há alguns anos e devido a uma série de fatores (nem todos positivos e acertados). Lembro-me de haver uma altura da minha vida (no secundário e nos primeiros anos de universidade) em que comia bifes com batatas fritas, hambúrgueres e doces, quase todos os dias. Nos picos da juventude (e loucura) chegava a comer um hambúrguer, cheio de molhos, com coca-cola, ao pequeno-almoço. Depois, lá pelos 21 anos, decidi que queria ser mais magra. Ficava (...)
Sex | 21.04.17

Há sempre uma razão para tudo

Purpurina
  Ou duas. Passo a explicar.   Quando regressámos de férias encontrámos no correio 3 encomendas (presentes que tínhamos mandado vir para a Lara) e uma carta dos correios para levantar uma coisa.   Pensámos logo que seria mais uma das coisas que mandámos vir para a Lara. Aflitos por já terem passado tantos dias (a carta veio logo no primeiro dia em que estivemos ausentes de casa) fiquei com a carta para ir aos correio na hora de almoço.   E assim foi. Praticamente a correr, (...)
Qui | 20.04.17

Panquecas cor de rosa recheadas com caril de legumes

Purpurina
Para comer tinhamos quinoa com legumes salteados, o prato vegetariano da semana.A Lara não tinha apreciado muito os legumes, porque o pai tinha colocado caril, o que os deixou ligeiramente picantes. Para o jantar, ainda havia sopa, por isso foi o que a Lara comeu mas, para o dia seguinte não havia mais nada e não nos apetecia fazer nada de muito complexo.   Vai daí pensámos em fazer umas panquecas cor de rosa (vá, ficaram mais para o bordeaux) e recheá-las com os legumes para ver (...)
Qua | 19.04.17

Acho que descobri a minha "cena"

Purpurina
    A minha "cena" nunca foi desporto. Tudo o que seja massacrar o corpo fazendo algo que, aparentemente, não tem utilidade imediata é algo que não me apraz.   Claro que existe também  a parte lúdica do desporto mas, para mim, ela nunca existiu. Não gosto de praticar desporto e pronto. Não gosto, não sei porquê. Nunca gostei das aulas de educação física e sempre que tentei frequentar um ginásio acabei por desistir. Aquilo não me dizia absolutamente nada.   Há umas (...)
Ter | 18.04.17

Deu-me a loucura e comprei mais de 20 pares de sapatos

Purpurina
Para a Barbie. Já vos tinha falado do facto de adorar brincar com bonecas (ver texto aqui).   E, finalmente, a minha filha mais velha, descobriu o encanto de vestir e despir bonecas e experimentar sapatos atrás de sapatos naqueles pés pequenos das Barbies. Que alegria!   E, assim, passamos horas nisto. Só falta brigarmos pelo mesmo par de sapatos ou por discordarmos com (...)
Seg | 17.04.17

Ele disse que foi pior compra que fizemos!

Purpurina
    Comprámos um alimentador anti sufoco para a Maria quando ela começou as sopinhas, perto dos 6 meses.   Supostamente, há cerca de 2 meses que ela já poderia começar a comer pão, legumes cozidos e outras coisas sólidas. Ainda pensei em usar o método blw  mas rapidamente verifiquei que não era para mim. Tenho a certeza que é um (...)
Dom | 16.04.17

A nossa Páscoa é feita do melhor que temos, todos os dias.

Purpurina
Para não sair do registo habitual, posso dizer que estes feriados da Páscoa foram exatamente iguais a grande parte dos nossos fins de semana e feriados.Basicamente fizemos aquilo que nos faz mais felizes, a todos:- Estivemos juntos, os 4, a brincar, a passear e a fazer parvoíces em conjunto (o que torna tudo mais aceitável e menos embaraçoso).- Estivemos com outros membros da nossa família mais chegada.- Comemos docinhos e outras coisas boas. Foi tempo da Lara comer um chocolatinho, (...)