Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 27.02.17

Coisas malucas de mulheres #1

Purpurina
Estou a falar de mim, evidentemente.   Tenho a mania de aproveitar a hora de almoço para fazer umas compras para casa, assim uma coisita ou outra que faça falta para o jantar ou para o pequeno-almoço: ovos, umas frutinhas, leite, pão ou uns iogurtes. Coisa pouca portanto.   Mas o que é que eu, normalmente, faço?   Começo a mandar coisas para o cesto como se fosse fazer as compras do mês: quilos de fruta e legumes, vários pães grandes, vários litros de leite, bolachas, duas (...)
Dom | 26.02.17

Sobre calças de ganga e as pancadas que eu já tive

Purpurina
Uma mulher nunca está satisfeita, é sabido.   Quanto a mim já me senti insatisfeita por ser magra, depois por ser gorda, e novamente por ser magra. E, se já fui magricela, nunca fui excessivamente gorda ou dramaticamente magra.   Fui uma adolescente "Olivia Palito", de pernas e rabo magritos. Tinha tantos complexos que vestia 3 pares de collants grossos debaixo das calças de ganga justas, mesmo no verão. Aquilo devia fazer um efeito enchouriçado espetacular mas, na altura, nem (...)
Dom | 26.02.17

Fiz um almoço vegan e ele gostou!

Purpurina
    Há muito tempo que gostaria de me tornar ovo-lacto vegetariana. Tentei uma vez, sem qualquer tipo de orientação, e não deu certo. Obviamente.   Agora que julgo perceber mais qualquer coisita de nutrição e saúde, estou a pensar seriamente em alterar, gradualmente, a minha alimentação.  A ideia é comer cada vez menos alimentos de origem animal.   Já não como quase nenhuma carne vermelha e pelo menos dois dias da semana são de refeições vegetarianas. Estou, também, a (...)
Sab | 25.02.17

Cá em casa é 8 ou 80, o meio termo é para fracos

Purpurina
Por aqui é assim: ou andamos todos rotos e esgroviados de cansaço semanas seguidas, ou estamos na boa, descontraídos e descansados como se não tivéssemos duas filhas pequenas.   Quando a Maria nasceu e até aos 5 meses, mal sentimos a diferença de serem duas. Ela comia e dormia. Não era uma bebé nada aborrecida e nunca teve as temidas cólicas que, quando a Lara tinha um mês, tornaram a nossa vida num inferno.   Depois esteve um mês sem aumentar de peso, mamava mal,  e era o (...)
Sex | 24.02.17

Uma mãe de duas ainda tem tempo para estas coisas #1

Purpurina
  Gosto de procurar música na Internet e, quando encontro uma de que gosto, procurar várias versões dela.   Se for um remix procuro, em primeiro lugar, o original e depois mais versões.   Depois, oiço a minha versão preferida em repeat, e invento um vídeoclip para a música na minha cabeça. Gosto de fazer isso a qualquer hora do dia mas é de manhã, quando vou a caminho do trabalho, de headphones, que a minha cabeça está mais produtiva para estas coisas.   Não raramente, (...)
Qui | 23.02.17

Eczema atópico em bebés - O que resultou com a minha filha

Purpurina
  Já tinha falado aqui do facto da minha filha mais nova - a Maria, com 7 meses agora - ter eczema atópico.   Ela teve 4 crises seguidas e eu estava a entrar completamente em pânico.  Apesar de não ser uma doença muito grave é geradora de grande ansiedade nas crianças e nos pais (eu que o diga). A minha filha ficou com a cara, o pescoço e partes do corpo completamente vermelhas (...)